É bom comer legumes congelados?

Publicado por | dezembro 29, 2012 | Novidades | Nenhum Comentário
legumes

Em um mundo onde cada vez mais as pessoas primam pela praticidade, os legumes congelados surgem como uma opção saudável e essencial para uma boa dieta.

Sim, os legumes congelados mantém as suas propriedades nutricionais. A ressalva torna-se importante, pois muitas pessoas ficam com receio de come-los por conta desta dúvida. Apesar dos legumes frescos serem incomparáveis, principalmente no sabor, os que foram congelados também são uma boa escolha, principalmente para aqueles que não dispõem de tempo para cozinharem uma refeição completa. Tudo que você tem que fazer é pesar os prós e os contras, como ao usá-los numa dieta para perder peso, por exemplo.

Comer legumes, em geral, é algo que todos concordam ser essencial. Ainda mais se o objetivo for o de perder peso. Eles fornecem os mais variados nutrientes de vitaminas, proteínas, fibras, minerais, carboidratos, os quais poderíamos enumerar as suas virtudes nutricionais por horas. Se você está fazendo dieta, a necessidade de incluí-los no cardápio aumenta ainda mais. Eles vêm em todas as cores, sabores e texturas, frescos, desidratados e, sim, mesmo os congelados.

É claro, os vegetais frescos serão sempre a melhor escolha. Nada se compara ao sabor, qualidade, textura e muito mais do que vegetais recém-adquiridos, bem escolhidos, e em sua estação favorável podem trazer. Ainda assim, legumes congelados são uma opção que deve ser levada em conta, principalmente quando a falta de tempo torna-se um problema cada vez mais comum no nosso dia a dia. Sendo assim, manter no refrigerador um pacote de legumes congelados acaba se tornando uma excelente alternativa, desde que o produto seja bem selecionado.

Sem dúvida, o fator mais importante nos legumes congelados é que eles não perdem suas propriedades nutricionais. O alimento pode perder algumas vitaminas, mas em geral o processo não altera os benefícios essenciais. Assim, não possuem muitas desvantagens. Ou seja, para quem não dispõe de muito tempo e prima pela praticidade, vale a pena experimentar.

Texto base: www.saudedicas.com.br